E porque não uma loja no Facebook?

 

O número de páginas na Internet referentes a comércio electrónico em Portugal aumentou quase 150% nos últimos 2 anos. Além disso, o Facebook é a maior rede social do planeta, com a maior adesão de fãs e marcas. Em Portugal, existem cerca de 4,5 milhões de utilizadores do Facebook com distribuição etária acentuada em todas as classes, abrangendo 1 206 421 utilizadores com idade compreendida entre os 25 e 34 anos, seguidos dos utilizadores entre os 18 e 24 anos.

A adesão ao Facebook é igual tanto para mulheres como para homens, com uma taxa de penetração em Portugal de 43.22%, em que nos últimos 6 meses aderiram 272 500 novos utilizadores. O elevado crescimento de utilizadores na rede social é sinónimo de várias oportunidades de negócio para as empresas, que cada vez mais exploram este meio de comunicação com o objectivo de aumentar a sua visibilidade e vendas.

A comunicação de uma empresa via Facebook pode ser efectuada através de uma fanpage centrada num público altamente segmentado e interessado nos seus produtos e também pela realização de campanhas promocionais, publicidade paga (Facebook Ads) e criação de aplicações interactivas.Cada utilizador em média navega no seu perfil do Facebook todos os dias e mais que uma vez, gastando em média cerca de 30 minutos na sua rede social. Se soubesse que uma grande quantidade de pessoas estariam num determinado local, não investiria numa superfície comercial para promover as suas vendas?

 

 

 

Que vantagens para a minha empresa posso retirar do Facebook?

Para além da elevada adesão à rede social, o Facebook contém um motor de busca que permite localizar amigos, aplicativos, grupos, eventos e páginas na rede social, sendo extremamente fácil achar a sua empresa.

A dinamização da rede social Facebook passa pela realização de campanhas promocionais, publicidade paga (Facebook Ads) e criação de aplicações interactivas (ex. Facebook Store).

Um dos últimos meios de interacção entre utilizadores e empresas via Facebook, passa pela criação de lojas online e respectiva instalação no Facebook. Para usufruir de uma loja online no Facebook (conhecida como F-Commerce), necessita de ter uma loja online e uma página pessoal, criar uma fanpage para a sua empresa e adquirir o módulo de Facebook Shop Tab, comercializado pela PTWS – Alojamento Web para lojas em Prestashop.

 

 

Quais as vantagens de ter uma loja no Facebook?

Quando os utilizadores aderem e entram diariamente no Facebook, vêm com motivações pessoais e sociais, no que diz respeito à sociabilização e partilha de conteúdos. Deste modo, os utilizadores estão disponíveis a interagir e participar nas diversas páginas do Facebook, permitindo um óptimo factor de “Engagement” que as empresas podem retirar proveito, desde que comuniquem da forma mais adequada. Segundo a Ibope Nielson, 90% das pessoas compram produtos e serviços com base nas recomendações, e este Marketing Viral é fulcral para obter sucesso da sua loja online no Facebook.

Uma loja no Facebook permite divulgar os seus produtos e serviços a um elevado conjunto de utilizadores independentemente da localização e do dia e hora que o façam. Este facto terá de ser efectuado da melhor forma de modo a causar divulgação, “entertainment”, e uma ponte para a realização de vendas a partir da rede social. Têm também a possibilidade de abordar diversos assuntos sobre determinadas temáticas, e por fim encaminhar os seus fãs para um produto ou uma categoria de produtos da sua loja online.

O funcionamento de um F-Commerce é similar à sua loja online de um e-commerce tradicional, bem como os processos de negócio para a gestão e realização de vendas online. A única diferença, são as resoluções do tamanho da tela visto que terá de ficar incorporada no mesmo espaço que uma fanpage embora localizada num separador especifico.

Ao colocar os seus produtos e serviços numa rede social, pode saber quantas pessoas gostam dos seus produtos e serviços e utilizar esses dados para construir uma estratégia de vendas com base na Internet. Além disso, uma das grandes vantagens de comprar produtos via Facebook está centrada na elevada viralidade da rede social, em que o cliente pode deixar a sua opinião e dar a oportunidade de mais clientes comprarem os mesmos produtos e partilharem as suas experiencias.

Como o Facebook é uma rede social bastante abrangente tanto a nível geográfico como etário, os dados fornecidos têm credibilidade e podem ser utilizados para melhorar a estratégia de marketing da empresa.

A sua loja no Facebook pode ter o layout personalizado de modo a despertar atenção em todos os “Facebookianos” e diferenciar-se perante a concorrência, e efectuar compras na Internet representa maior comodidade para o consumidor final, uma vez que não necessita de sair de casa deslocações, pagamentos ou levantamento de produtos na loja comercial física.

Ter uma loja no Facebook é bastante fácil e rápido! Não demora mais de poucas horas até que os seus fãs conheçam em pormenor 24 horas por dia todos os artigos e serviços da sua empresa. Os custos são incomparavelmente mais baixos que os de uma infra-estrutura, não necessita de grande esforço para a sua gestão, e o retorno de investimento é elevado derivado ao grande âmbito onde actua.

 

 

Como divulgar e vender pelo Facebook?

Para que sejam realizadas vendas, tanto numa loja física como numa loja online e encaixada numa rede social, é necessário levar o utilizador até ao final do “Buying Funnel”, passando pelas fases de “Awareness”, “Research & Familiarity”, “Opinion”, “Consideration”, “Preference” e “Purchase”.

Na fase de “Awareness”, é necessário promover a sua empresa, produtos e serviços da melhor forma possível, de modo a alocar um pequeno espaço da marca reconhecida pelo utilizador. Trata-se do momento em que o utilizador começa a pensar em adquirir numa compra. Deste modo, a comunicação na rede social deverá ser clara e eficaz de forma a permitir os utilizadores compreender sem dificuldade as vantagens da sua empresa. Este objectivo pode ser atingido “Getting out of the Box” e “Think Different” a fim de causar impacto de marca diferente e inovadora no utilizador. A comunicação deverá ser rápida, clara, eficaz e inovadora, nunca esquecendo que os utilizadores na Internet não estão dispostos a gastar muito tempo a compreender as milhares de mensagens a que são expostos diariamente.

Ao assumir que pretende efectuar uma compra de um produto ou serviço, o utilizador encontra-se na fase “Research & Familiarity”, e avalia varias hipóteses para o seu investimento através da leitura de “Reviews”, aprendizagem das características, comparações entre produtos, pedidos de opinião, recorrendo à Internet para satisfazer todas as suas necessidades. Deste modo, a comunicação efectuada no Facebook necessita de ter uma componente elevada de diferenciação, de forma a causar impacto na mente do consumidor. Faculte toda a informação que o utilizador procura na Internet, de forma a que não restem duvidas sobre o seu produto e serviço, e crie meios de os seus clientes disponibilizarem opiniões e “reviews” de forma a tangibilizar da melhor forma possível a compra de um potencial cliente.

Na fase “Opinion”, o utilizador tem conhecimento da existência da sua empresa, produtos e serviços, quee formam uma determinada opinião e imagem na mente do consumidor. Numa rede social, o objectivo será manter os utilizadores interessados na marca, e associar um determinado conceito à respectiva marca. Este objectivo pode ser atingido com recurso a fotos, clipes de áudio e vídeo, de modo a criar maior “Engagement” na rede social.

É necessário manter uma comunicação saudável com a audiência, tornar as comunicações verticais em horizontais, e comunicar directamente com os utilizadores criando interactividade, e quebrar barreiras entre os utilizadores e a empresa. O objectivo será o utilizador tratar a empresa por “tu” e não por você, de forma a aumentar a proximidade entre ambas as partes. Quanto mais o utilizador se identificar com os valores da empresa, maior a possibilidade de criar empatia com a marca, e desta forma aumentar a exposição e as vendas.

No caso de a comunicação não ter corrido da melhor forma, é necessário inverter os efeitos causados nos utilizadores. Os efeitos de uma má comunicação podem ser efectuados através da apresentação de testemunhos de clientes, evidenciar os trabalhos efectuados para clientes, e moldar a opinião dos utilizadores de forma a preservar a imagem e qualidade da empresa.

Dar uma razão ao consumidor de que a sua marca é a eleita, denomina-se no “Buying Funnel” por “Consideration”. Nesta fase, e abordando as redes sociais, deverá pensar :

  • Porque os utilizadores iram comprar os meus produtos via Facebook?
  • No que difere os meus produtos e serviços que levem o utilizador a comprar via Facebook?
  • Devo mudar a minha comunicação no Facebook e abordar de forma diferente os utilizadores para aumentar a imagem e vendas da minha empresa?
  • Qual a reputação que estou a criar na minha fanpage?
  • Os meus consumidores estão satisfeitos com os meus produtos e serviços?
  • Quantos utilizadores activos tenho neste momento, e que factores ajudam a fideliza-los?

Ao melhorar este conjunto de factores, permitirá criar maior empatia com o utilizador online e tornar a sua marca na preferida pelo utilizador. A decisão de compra poderá ser fundamentada por demonstrações de produtos e opiniões de utilizadores que tenham já adquirido o produto.

Na fase “Preference”, os utilizadores conhecem a sua marca e os seus produtos e serviços. Neste momento, é necessário dar motivos aos utilizadores para passar para a fase de compra de produtos. Deste modo:

  • Explique claramente as vantagens dos seus produtos e serviços no Facebook, bem como todas as suas vantagens;
  • Como o seu produto e serviço pode melhorar a sua vida, ou melhorar o seu negócio empresarial;
  • O que iram perder caso não efectue negócio consigo e não compre os seus produtos e serviços.

Uma comunicação eficaz e directa nesta fase permitirá o utilizador a dar o derradeiro passo final para a compra do produto, permitindo a sua fidelização.

A fase “Purchase” é a fase mais desejada por qualquer empresa. É sinónimo que a sua comunicação funcionou e que a sua loja online retribuiu com vendas para a empresa, e a sua comunicação aplicada no Facebook registou um retorno de investimento.

 

 

Conclusão: Porque não?

Se tem uma loja física numa determinada localidade, considere a hipótese de transferir o seu negócio para o Mundo digital de forma a abranger o maior número de pessoas possíveis ligadas à Internet por um custo extremamente baixo. Caso não tenho uma superfície comercial, o E-Commerce é uma oportunidade única a não perder, e pode ser aproveitada através da criação e uma loja online e da sua incorporação no Facebook, onde tem uma taxa de penetração da população online portuguesa de 89.77%.

Sobre o Autor
Author Image
Pode deixar um comentário, ou responder no seu blog.

Deixe a sua opinião