Entrevistas PTWS – ACEPI – Assoc. do Comercio Eletronico e Publicidade Interactiva

 

ACEPI - Associação do Comercio Eletronico e Publicidade Interactiva

Logo da ACEPI

 

Introdução ao Programa de Entrevistas do Blogue da PTWS

Um dos objectivos na criação deste Blogue foi sem dúvida a partilha de informação pertinente para o Tecido Empresarial Português, para os interessados pela área tecnológica do Alojamento em Portugal e para o público em geral.

Desse modo, decidimos começar por entrevistar uma das associações mais influentes e importantes no que ao Comércio Eletronico diz respeito.

Assim, hoje apresentamos a ACEPI – Associação do Comercio Eletronico e Publicidade Interactiva.

ACEPI – Introdução ao entrevistado Dr. Manuel Paula

Licenciado em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa e Pós-Graduação em Alta Direcção de Empresas pela AESE, destaca-se pelas suas experiências anteriores como Director de Marketing da Exposição Mundial de Lisboa EXPO'98. Esteve ainda cerca de 5 anos na L'Oreal Portugal.

A PTWS Alojamento Web aqui no seu Blogue disponibiliza o Video e transcrição na integra da entrevista.

Transcrição da Entrevista ao Dr. Manuel Paula

Raquel Araújo:

Vamos falar um pouco sobre o que é a ACEPI e esclarecer algumas dúvidas.

Começamos então por saber o que é a ACEPI.

Manuel Paula:

A ACEPI é a Associação do Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, existe desde 1999. Na altura nasceu como ACEP, a Associação do Comércio Electrónico em Portugal.

É uma organização independente, sem fins lucrativos e o principal objectivo da ACEPI é a dinamização e o estudo de todas as vertentes do negócio electrónico, nomeadamente em Portugal. Estamos a falar sobretudo de áreas tão dispares, mas todas elas assentes na base do negócio electrónico, como o e-commerce, o e-business, os processos electrónicos, a publicidade interactiva, as plataformas mobile, e portanto é em torno de todas estas vertentes, que a acção da ACEPI, enquanto dinamizadora e produtora de eventos que de alguma forma contribuam para a dinamização do comércio electrónico em Portugal, actua.

R.A.:

Quem faz parte da ACEPI?

M.P.:

A ACEPI tem uma direcção que é liderada pelo Dr. Alexandre Nilo Fonseca. Essa direcção é composta por uma série de profissionais que trabalham em diversas empresas que têm negócio electrónico e por seis comissões especializadas. Essas comissões especializadas visam o desenvolvimento e o estudo de cada um dos temos que eu falei há pouco referi: o b2c, o b2b, a publicidade online, os processos interactivos, as plataformas mobile.

Portanto, a direcção está constituída no sentido de estudando dentro destes eixos dinamizar tudo aquilo que são actividades que de alguma forma promovam o negócio electrónico em Portugal.

R.A.:

Quais e que tipo de associados é que têm?

M.P.:

Nós temos actualmente à volta de 180 sócios.

Podemos ter dois tipos de sócios. Empresas ou antes colectivos, chamemos-lhe assim, sendo empresas em larga maioria, temos cerca de 90 empresas associadas.

Podemos ter organizações de carácter cientifico, por exemplo, outras associações e depois podemos ter pessoas em nome individual, que são basicamente estudantes, docentes, professores, investigadores, pessoas que vem o estar na ACEPI como uma vantagem.

R.A.:

Quem é que pode ser sócio da ACEPI?

M.P.:

Quem beneficia de ser sócio da ACEPI são todas aquelas entidades ou pessoas que de alguma forma beneficiam com a partilha de estudos, de informação, com o facto de poderem participar nos nossos eventos, nas nossas actividades, que possam querer acreditar sites, no sentido de se dar a conhecer, enquanto operadores, mesmo sendo pequenas empresas.

No fundo, todas as entidades que vejam a ACEPI como um catalisador dos seus interesses, podem ser e devem ser sócios da ACEPI.

R.A.:

Como é que se pode ser sócio da ACEPI?

M.P.:

É muito simples, basta ir ao site que é acepi.com.pt e no local de associados, inscrições.

R.A.:

Quais são as principais iniciativas da ACEPI para este ano de 2010?

M.P.:

Em 2010, vamos continuar com o desenvolvimento de estudos de mercado do negócio electrónico. Temos regularmente um barómetro trimestral que de alguma forma junto dos associados avalia o sentimento da evolução do negócio, enquanto o volume de vendas, o número de clientes e a intenção ou não de investir no site.

Estudos de hábitos de navegação junto dos consumidores.

Vamos continuar com o programa de acreditação e vamos inclusive estender o seu âmbito.

Estamos a programar fazer no final do ano, a exemplo do que fizemos em 2009 e que temos feito em anos anteriores, a Portugal Internet Week, Semana da Internet em Portugal, que normalmente está centrada à volta de uma conferência com um opinion maker, uma pessoa de prestígio internacional reconhecido, e que depois se desagrega em vários seminários das várias áreas estudadas e trabalhadas na ACEPI. Ao mesmo tempo é desenvolvido junto do público em geral, uma iniciativa, um passatempo que visa a promoção do negócio electrónico, o encorajar de compras online, numa perspectiva de aumentar a penetração no comércio electrónico junto da população em geral, com passatempos e prémios.

Devemos fazer um guia sobre todas as vertentes do negócio electrónico, que no fundo é uma publicação que é encartada em jornais de grande circulação, que obviamente terá uma versão digital, e que de alguma forma pretendemos que seja um documento esclarecedor sobre todo o mundo da Internet, que ainda tem os seus segredos para a população em geral, portanto que seja um documento esclarecedor de como ter um negócio, como fazer compras, ou quais é que são as oportunidades que o mundo da Internet dá.

E finalmente a exemplo deste ano também e anos anteriores, devemos fazer a atribuição do prémio Navegantes XXI, que é entregue a uma personalidade, que ao longo da sua vida se tenha destacado ou que se venha destacando, no sentido da dinamização da sociedade de informação em Portugal.

Eu diria que estas são as principais drivers de actuação em 2010, o que não invalida que não haja, pelo contrário, até são muito bem vindas, situações, acções que pontualmente através de algumas das comissões especializadas sejam realizadas no sentido de promover e de esclarecer.

R.A.:

Em que altura mais ou menos, é que é esta Semana da Internet?

M.P.:

No último trimestre, estamos ainda a fechar datas, temos reunião de direcção esta semana e obviamente um dos temas principais será esta preparação da Semana da Internet.

Teoricamente será em Outubro, mas estamos ainda a fechar estas datas.

R.A.:

Tenho mais uma pergunta para si, o Programa de Acreditação da ACEPI funciona?

M.P.:

Funciona, funciona e tentamos que seja o mais user friendly possível, ou seja no fundo o que se pretende com a acreditação da ACEPI é que sejam averiguadas várias características dos sites como o seu grau de segurança, segurança dos dados, segurança da transacção, a optimização da navegabilidade (se é fácil de navegar). Portanto, que cumpra com todos os requisitos técnicos e legais, que faz com que nós de uma forma responsável possamos atribuir o selo do site acreditado ACEPI e que isso seja um factor de confiança para todas as pessoas que navegam nesse site.

É um programa que funciona, é um programa que queremos, como em tudo que estamos a fazer, dinamizar, e obviamente que é uma das prioridades de actuação da ACEPI ao longo deste ano de 2010.

R.A.:

Agradecemos a sua participação na entrevista e esperamos que com a sua explicação as pessoas fiquem a conhecer um pouco mais sobre a ACEPI e os seus objectivos.

 

Sobre o Autor
Author Image
A Raquel Araujo exerce funções de Administrativa e Apoio Comercial da PTWS Alojamento Web, para além do apoio directo à Gerência da empresa. Com o 12º ano completo, sonha ainda em fazer uma Licenciatura em Gestão de Empresas.
Pode deixar um comentário, ou responder no seu blog.

3 Comentários a “Entrevistas PTWS – ACEPI – Assoc. do Comercio Eletronico e Publicidade Interactiva”

  1. Selena diz:

    Parabéns pela entrevista!O vídeo é algo inovador que não se vê muito em blogs portugueses. Continuem.
    +1

  2. joliveira diz:

    Parabéns pela entrevista!
    O vídeo é algo inovador que não se vê muito em blogs portugueses. Continuem.

  3. Raquel Araújo diz:

    Não há comentários…ehehehhe
    Ficou tudo esclarecido, assim é que é!

Deixe a sua opinião